Fique por dentro dos principais tipos de liderança que existem

2020-06-23T09:44:14-03:0019 setembro, 2019|Gestão de Pessoas no Varejo|

Descubra as características mais evidentes dos principais tipos de liderança e os casos nos quais cada um é mais indicado!

Você já sabe da importância da figura do líder para os resultados, produtividade e motivação do seu time. Afinal, é ele que estrutura e direciona as equipes de trabalho, também define as metas e estimula seus subordinados na busca por grandes resultados.

Porém, o que você ainda não sabe é que existem diferentes tipos de líder, variando de acordo com o perfil comportamental do gestor, dos seus liderados e do contexto no qual estão inseridos.

Entender quais são os principais tipos de liderança que existem, suas principais características e vantagens e desvantagens é essencial para que você descubra qual o perfil dos líderes do seu negócio — inclusive, o seu — e quais são os mais indicados para a sua empresa.

Dessa forma, é possível melhorar a administração e gestão da empresa como um todo. Portanto, continue a leitura e descubra quais são os principais tipos de liderança e como cada um deles pode ser aproveitado pela empresa!

Liderança autocrática

O primeiro tipo de liderança é a chamada liderança autocrática. Ela é caracterizada por uma gestão centralizadora, na qual o poder de decisão está concentrado nas mãos do líder e pouco distribuído entre os liderados. É uma liderança do tipo “manda quem pode, obedece quem tem juízo”, como já diz o antigo ditado.

Lideranças autocráticas normalmente surgem em períodos de dificuldade, como uma crise, nos quais os recursos precisam ser gerenciados com precisão e efetividade. Além disso, envolve líderes de perfil comportamental dominante e equipes de trabalho pouco maduras.

Liderança democrática

“Um por todos, todos por um”: o jargão dos Três Mosqueteiros talvez reflita bem a ideia de liderança democrática. Ela é caracterizada pela participação ativa de todos na tomada de decisão. Isso significa que existe sim um líder, que é quem toma a decisão final, porém todos os membros da equipe têm liberdade para dar opinião, feedback e, inclusive, sugestões.

Esse modelo de liderança é especialmente forjado em períodos de estabilidade, com equipes maduras e líderes de perfil comportamental estável, que buscam a colaboração. Seu maior desafio é a agilidade nas decisões, visto que, por ser parte de um processo colaborativo, há maior demora na hora de chegar a um consenso.

Liderança liberal

Outro tipo de liderança bastante comum é a liberal. Nesse caso, as decisões dependem principalmente dos liderados e não do líder. O líder dá direcionamentos e sugestões, porém o poder de decisão sobre como o trabalho deve ser feito está mais nas mãos dos membros do time do que do próprio gestor. Por esse motivo, também é chamado de laissez-faire (em tradução: deixa fazer).

Esse tipo de liderança envolve predominantemente líderes de perfil influenciador, que se preocupam mais com as dinâmicas de relacionamento do que com o comando-controle nas empresas. É muito comum em contextos de criatividade, inovação e disrupção tecnológica.

Liderança transformacional

Como o próprio nome já indica, a liderança transformacional está muito relacionada à capacidade de gerar mudanças e transformações em uma equipe, colaboradores e, inclusive, na empresa como um todo. Esse tipo de liderança é observado em pessoas que estão sempre em busca do próprio desenvolvimento e são capazes de motivar quem está ao redor a fazer o mesmo. Além disso, são líderes com grande capacidade de se adaptar a um novo contexto ou situação e motivar a equipe a encarar as mudanças de forma positiva.

Dessa forma, a liderança motivacional é bastante adotada em startups ou outras empresas que estão inseridas em um mercado ou ambiente instável, que exige mudanças e adaptações frequentes. Além disso, também pode ser adotada por empresas que estão passando por um momento de transformação ou reestruturação.

Liderança facilitadora

O líder facilitador é aquele que não dá ordens aos colaboradores, nem sobre tarefas a serem realizadas nem sobre a forma como eles devem trabalhar. Ele atua, na verdade, como o facilitador de um projeto, fornecendo instruções e orientações sobre os passos a serem seguidos, solucionando dúvidas, auxiliando na resolução de problemas e dando feedbacks sobre resultados. Dessa forma, ele conduz o time sem, necessariamente, comandar os colaboradores.

Ela é muito indicada para equipes maduras, que já contam com experiência na resolução de problemas e boas interações entre si. Esse tipo de time pode ficar mais livre para realizar as suas atividades ao mesmo tempo em que sabem que têm um líder com quem podem contar sempre que necessário.

Liderança coaching

Um coachee — profissional que oferece serviços de coaching — é um profissional que utiliza técnicas baseadas na ciência para auxiliar pessoas a conquistarem seus objetivos. Dessa forma, líderes também podem ter formação em coaching e, com isso estabelecer uma liderança desse tipo dentro da empresa.

Isso significa que a liderança coaching é a exercida por profissionais que auxiliam os membros do time a alcançar os objetivos estabelecidos. Eles utilizam indicadores e metas para acompanhar resultados e indicam os melhores caminhos para que os profissionais se desenvolvam e sejam capazes de gerar mais e melhores resultados.

Dessa forma, a liderança coaching é indicada para empresas que querem focar no desenvolvimento dos seus colaboradores, de forma a capacitá-los para serem capazes de alcançar os objetivos estabelecidos.

Liderança carismática

O líder carismático é aquele que consegue envolver e motivar os colaboradores por meio do seu carisma. Isso significa que ele se baseia mais nas suas crenças, valores e forma de comunicação, e inspiração do time para tocar o lado emocional da equipe e, a partir disso, levar os membros aos resultados esperados.

Esse tipo de liderança faz com que a motivação fique muito centralizada na figura do líder, o que pode ser um desafio. Porém, por outro lado, quando um time se depara com um líder carismático, ele é capaz de se manter alinhado em torno dos objetivos propostos para gerar os resultados esperados pelo gestor.

 


Liderança técnica

Existem profissionais que têm um alto conhecimento técnico em determinado assunto e, dessa forma, acabam sendo escolhidos para assumir uma posição de liderança dentro da empresa. Esse é o chamado líder técnico.

Ele é respeitado por seu conhecimento e serve como um suporte no caso de problemas e dúvidas por parte da equipe. Porém, há um grande desafio por parte desse tipo de líder: ele precisa, também, desenvolver competências comportamentais capazes de motivar e engajar o time, evitando se apoiar apenas no conhecimento técnico para isso.

Esse tipo de liderança é muito indicado para áreas nas quais os conhecimento técnico é muito relevante, como times de TI e de pesquisa e desenvolvimento, por exemplo.

Liderança transacional

Uma transação é uma relação de troca, ou seja, você dá algo em troca de uma outra coisa. Dessa forma, a liderança transacional é aquela na qual o líder oferece recompensas pelo trabalho bem feito. Essas recompensas podem ser o reconhecimento dentro da empresa, bônus financeiro, prêmios, entre outros.

Portanto, toda a relação está baseada na transação, na troca. Os colaboradores fazem determinados trabalhos esperando a recompensa. Isso é bastante positivo por um lado, porém pode trazer problemas uma vez que, na falta da recompensa, há uma tendência muito alta à desmotivação do time.

Essa liderança é indicada para áreas que exigem feedbacks constantes em relação ao desempenho e resultados, sendo muito utilizada no setor de vendas. Nessa área, o vendedor geralmente ganha reconhecimentos, prêmios e comissões quando é capaz de atingir as metas e objetivos estabelecidos pelo líder, o que faz com que ele busque sempre o melhor desempenho possível.

Liderança visionária

Sabe aquele líder que está sempre com ideias criativas para melhorar a empresa e busca a inovação e desenvolvimento constantemente? Ele provavelmente é um líder visionário.

Esse tipo de liderança é aquele no qual o líder tem uma boa visão da empresa e do mercado no qual está inserido e, por isso, está sempre em busca de oportunidades. Ele também é capaz de motivar os colaboradores a desenvolverem essa visão e, com isso, atua como aliado na busca por inovação. É importante lembrar que esse tipo de líder também é bastante criativo e capaz de incentivar essa competência na sua equipe.

Essa liderança também é muito utilizada em startups e empresas que dependem da inovação para seu diferencial competitivo. Ter esse tipo de gestor em áreas dinâmicas da empresa, como marketing e vendas, também pode trazer grandes benefícios.

Liderança situacional

A liderança situacional pode ser vista como uma mistura entre os outros tipos apresentados. Isso porque nela há o entendimento de que a liderança não é um conceito estático, ou seja, que deve operar sempre de uma mesma maneira. Na liderança situacional, o líder tem consciência de que o seu perfil pode ser modificado de acordo com a situação.

Isso significa que ele pode ser mais autocrático em uma situação de crise ou quando a equipe se mostra muito perdida, porém mais liberal em um momento no qual os colaboradores estão prontos para tomar as próprias decisões. Caso a situação mude, ele também é capaz de ajustar a sua postura de acordo com as necessidades da empresa.

Portanto, nesse tipo de liderança, o foco predominante está no contexto e a liderança se adapta à situação. Dessa forma, exige um líder com grande adaptabilidade à mudança e flexibilidade, além de capacidade analítica do contexto bem desenvolvida.

Como você pode observar, há diferentes tipos de liderança que podem surgir dentro da sua empresa. Não há um perfil melhor ou pior, mas sim um mais ou menos indicado para cada situação, dependendo do tipo de time, área, ambiente interno da empresa e perfil dos colaboradores. Dessa forma, é preciso entender qual o perfil dos gestores da organização e dentre tantos tipos de liderança, desenvolver a mais indicada para cada um dos casos.

Gostou do artigo? Então aproveite para ler também o nosso próximo texto e descubra porque é importante que você descubra, agora mesmo, qual o seu perfil de liderança!

Deixar Um Comentário