Fique por dentro dos principais tipos de liderança que existem

2019-09-19T14:11:05-03:0019 setembro, 2019|Gestão de Pessoas no Varejo|

O líder tem um importante papel nas empresas, afinal, é ele que estrutura e direciona as equipes de trabalho, também define as metas e estimula seus subordinados na busca por grandes resultados. É preciso entender, porém, que existem diferentes tipos de liderança.

Esses diferentes perfis variam segundo o perfil comportamental do líder, dos seus liderados e do contexto no qual estão inseridos (de crise, por exemplo). Ao compreender esses diferentes modelos e contextos de liderança, torna-se possível melhorar a administração.

Nos tópicos seguintes, esclarecemos quais são os principais tipos de liderança que existem, quais suas vantagens e como podem ser aproveitados pela empresa. Continue a leitura!

Liderança autocrática

O primeiro tipo diz respeito a uma liderança centralizadora, na qual o poder de decisão está concentrado nas mãos do líder e pouco distribuído entre os liderados. É uma liderança do tipo “manda quem pode, obedece quem tem juízo”, como já diz o antigo ditado.

Lideranças autocráticas normalmente surgem em períodos de dificuldade, como uma crise, nos quais os recursos precisam ser gerenciados com precisão e efetividade. Além disso, envolve líderes de perfil comportamental dominante e equipes de trabalho pouco maduras.

Liderança democrática

“Um por todos, todos por um”, o jargão dos três mosqueteiros talvez reflita bem a ideia de liderança democrática. Ela não depende de um personagem principal, mas de todos — pois, todos têm voz e podem participar ativamente. A decisão final, no entanto, é do líder.

Saiba como alcançar a máxima
produtividade de seus vendedores!

Esse modelo de liderança é especialmente forjado em períodos de estabilidade, com equipes maduras e lideres de perfil comportamental estável, que buscam a colaboração. Seu maior desafio é a agilidade nas decisões, visto que parte de um processo colaborativo.

Liderança liberal

Um terceiro tipo de liderança é a liberal. Nesse caso, as decisões dependem principalmente dos liderados e não do líder. O líder opta por se abster, deixa que seus subordinados façam o trabalho. Por esse motivo, também é chamado de laissez-faire (em tradução: deixa fazer).

Esse tipo de liderança envolve predominantemente lideres de perfil influenciador, que se preocupam mais com as dinâmicas de relacionamento do que com o comando-controle nas empresas. É muito comum em contextos de criatividade, inovação e disrupção tecnológica.

Liderança situacional

Um quarto tipo de liderança é, na verdade, um misto dos três primeiros. Nesse caso, se entende que o tipo de liderança não é algo estático (ou sempre isso ou sempre aquilo), mas algo que muda de acordo com cada situação.

Por exemplo, um líder e sua equipe podem apresentar diferentes perfis (autocrático, liberal ou democrático), de acordo com o contexto — crise, estabilidade ou bonança. Logo, nesse tipo de liderança, o foco predominante está no contexto e a liderança se adapta à situação.

Como pode observar, há quatro principais tipos de liderança, que podem surgir de acordo com o líder, liderados ou contexto no qual estão inseridos. Não há um perfil melhor ou pior de liderança, isso depende muito das variáveis tanto internas quanto externas à empresa. Logo, é preciso avaliar os atuais resultados, analisar o contexto e definir o melhor tipo de liderança.

Gostou do nosso artigo, correto? Aproveite para deixar seu comentário, conte-nos suas principais dúvidas, sugestões ou experiências com o assunto. Vamos lá!

Deixar Um Comentário