Evolução do e-commerce – O que podemos esperar?

2022-03-18T09:40:55-03:0018 março, 2022|Tecnologia no Varejo|

Vários estudos e pesquisas comprovam aquilo que todos comprovaram na prática. O crescimento dos negócios com a evolução do e-commerce deixou de ser para muitos apenas uma das formas secundárias de atendimento aos clientes, tornando-se a principal ou até exclusiva.

Utilizando como exemplo o caso dos supermercados, que no ano passado se observou um crescimento próximo a 50% no formato do e-commerce. Esse crescimento é praticamente dez vezes maior do que é observado em piso de loja.

Logicamente com o retorno das atividades normais, muitos clientes voltarão a visitar os estabelecimentos comerciais. Mas a boa notícia é que muitos deles querem ter uma experiência em loja, para poder também continuar utilizando o e-commerce como forma de compras.

A grande questão é saber se o varejo já está preparado para essa nova fase. Vamos procurar aqui entender o que vai ser necessário para essa nova adaptação em 2022 com a evolução do e-commerce.

Sucesso é o que podemos definir, de acordo com os resultados que aconteceram nos últimos anos, na venda e-commerce mundial. Por isso, fica a questão, é possível continuar esse crescimento e essa migração para esse canal de vendas? Sim é possível, mas para manter o crescimento será necessário adaptações.

Por outro ladro, o segredo será a melhoria na eficácia e na forma de relacionamento que está sendo construída com o cliente. Ainda existem muitas oportunidades no setor. Com isso, gigantes do varejo nacional não se importam mais em apenas vender bens com ótimo valor agregado como geladeira, televisores e aparelhos de celular. Ou seja, estão oferecendo a comodidade de entregar na casa de seus clientes produtos de consumo com valor agregado baixo. Como produtos de limpeza e fraldas descartáveis, por exemplo.

A resposta é simples: Por que não?

Para quem quer se adaptar a evolução do e-commerce e evoluir nesse canal, deve ter essa resposta. Isso é relevante porque pesquisas apontam que uma a cada três pessoas fazem compras recorrentes online.

São clientes cadastrados na base do e-commerce, e que estão prontos para consumir com essa comodidade.

Em 2022, metade desses clientes, 50% daqueles que já compram online, pretendem consumir ainda mais dessa forma. Por outro lado, também dez vezes menos, 5% dos clientes que compram pela internet, querem deixar de comprar por esse canal e voltar a frequentar o varejo tradicional.

Pensando dessa forma, a tendência do mercado é investir mais esforços para atrair os consumidores tradicionais, obtendo uma pequena fatia. No varejo e-commerce o seu investimento terá seu retorno com mais facilidade.

A evolução do e-commerce com as redes sociais

De uma forma atrativa, as redes sociais como Facebook e Instagram, servem como base de pesquisa e apoio aos consumidores que utilizam o e-commerce.

Sendo assim, investir em anúncios digitais e no crescimento de seguidores nas redes sociais é uma excelente opção para a evolução do e-commerce no seu negócio. Na era digital, influenciadores estão sendo mais relevantes que personalidades famosas, para alavancar clientes.

Hoje o consumo de Podcast e streaming de vídeos, cresce mais que o formato da mídia impressa e televisiva. Com isso, construindo boas estratégias, é muito mais fácil atingir o público alvo.

CTA ebook tecnologia

Varejo híbrido

Como já foi falado, com a situação do fechamento dos comércios na pandemia, o consumidor foi de certa forma forçado a conhecer e experimentar o e-commerce para fazer compras.

Muitas pessoas iriam demorar muito mais tempo para entrar no consumo utilizando a internet se não fosse o único formato disponível. Mas na verdade esse movimento apenas está começando.

O ideal é que todo o varejo esteja disponível para atender nos dois modelos. Sendo assim, para servir como exemplo, vamos voltar no tempo.

Antigamente muitos comerciantes não aceitavam cartões de crédito, hoje todos aceitam. Isso mostra que essa forma de pagamento não poderia ser uma opção apenas, mas veio para ser essencial.

Pensando assim, muitos negócios ainda são resistentes a evolução do e-commerce. Com isso, esse canal também deverá ser essencial, como aconteceu com os cartões e outros novos conceitos que viraram realidade.

A evolução das formas de pagamento

A forma de comprar online utilizando apenas um smartphone representa hoje dois terços das operações e-commerce. Sentado no sofá ou deitado antes de dormir, tem sido a forma mais prática de pesquisar produtos, decidir por uma compra e, com todas as facilidades, fazer o pagamento.

Com a popularização rápida do PIX essa forma de pagamento já está presente no dia a dia dos brasileiros e tem se destacado pela rapidez e também pela precaução dos consumidores que não desejam compartilhar dados de cartões de crédito.

Mas outras formas como o QR Code e ferramentas que usam aplicativos crescem também a passos largos, mostrando que o uso da tecnologia para pagamentos caminha junto com a evolução do e-commerce.

Desafios para o crescimento

Vivemos em um país continental. Quando falamos nos desafios que temos para atender o consumidor através do comércio eletrônico, entendemos por outro lado que existem vários pontos de melhoria. Ou seja, de acordo com cada região e também por público que queremos atingir.

Logística é um desses desafios. Infelizmente esse tema não teve o crescimento e a evolução rápida que foi observado no e-commerce. Ou seja, custo alto, demora na entrega e falta de qualidade no serviço acabam afastando os clientes. Observe que todos os clientes que você desejar atender com e-commerce, deverão ser atendidos com o mesmo respeito e qualidade, independente das distâncias.

Quando lembramos de Black Friday por exemplo, o mercado se movimenta para alertar os consumidores que utilizam o e-commerce para ficarem atentos aos golpes durante esse período. Infelizmente os mal intencionados não trabalham só no final do ano, mas no ano todo.

Por isso, ter um canal de atendimento eficiente, dando dicas importantes ao seu cliente para evitar golpes, é fundamental no relacionamento com esse consumidor, e na evolução do e-commerce pós-pandemia.

Falando em relacionamento, nós da Casting desejamos sempre estar presentes na sua evolução como gestor e também no crescimento dos seus negócios. Conheça o que a Casting tem para te oferecer.

Compartilhar este Artigo

Deixar um comentário

Ir ao Topo