4 dicas ideais para você aumentar o diferencial competitivo em 2020

2020-01-28T15:29:28-02:0028 janeiro, 2020|Melhores Práticas|

Para se diferenciar da concorrência, é preciso contar com boas estratégias. Não adianta fazer mais do mesmo e chegar a um meio-termo. No post de hoje, falamos sobre diferencial competitivo. Veja!

A ideia de diferencial competitivo tem origem na teoria da estratégia. Em suma, refere-se à capacidade da empresa de se diferenciar da concorrência, oferecendo produtos (isto é, bens ou serviços) com atributos singulares e que geram valor ao seu respectivo público-alvo.

Felizmente, mesmo nos mercados mais competitivos, toda loja pode se diferenciar. É possível ter destaque pela excelência no atendimento, prestígio da marca ou agilidade na entrega — entre outras coisas. Contudo, desenvolver ou potencializar seu diferencial não é uma tarefa fácil. Além de um objetivo claro, é necessário ter consistência e dedicação diária.

Nos tópicos seguintes, explicamos os benefícios de desenvolver um diferencial competitivo, como fazer isso e qual o papel da alta tecnologia. Então, continue a leitura com atenção.

Afinal, por que falar em diferencial competitivo?

Há muitas razões. Em primeiro lugar, o diferencial competitivo coloca sua empresa em uma posição de proeminência sobre seus rivais, tornando-a singular. Ou seja, seu negócio não será “mais do mesmo”, como muitos dos outros competidores parecem ser.

Outra vantagem é que, ao aumentar seu diferencial, também estará valorizando a sua marca, tornando-a mais prestigiada. Algumas das lojas mais conceituadas do mundo contam com uma forte estratégia de diferenciação, o que impacta seu prestígio e valor.

Além de tudo, um diferencial competitivo contribui para que a sua marca tenha um lugar único na mente e no coração dos clientes. Eles conseguirão recordar certos atributos da sua loja — e não da concorrência —, o que influenciará na decisão de consumo.

Há outras vantagens que tornam o assunto crucial. Por exemplo, o diferencial melhora as margens financeiras do exercício, aumenta sua longevidade no mercado e sua estabilidade diante de cenários negativos, como crises. Veja, adiante, como otimizar seu diferencial.

Como aumentar seu diferencial competitivo em 2020?

Se diferenciar da concorrência não é um processo rápido e fácil. É preciso muito mais do que frases motivacionais e jogadas de publicidade, já que envolve mudanças estruturais e culturais. Adiante, oferecemos 4 dicas para aumentar seu diferencial competitivo. Veja!

1. Tenha cuidado com o meio-termo

Muitos gestores tentam superar seus concorrentes em vários aspectos — preço, qualidade, agilidade, mix de produtos, e assim por diante. É um erro, por vários motivos. Ninguém consegue ser o melhor em tudo e esse esforço costuma envolver muitos gastos.

Ao tentar fazer isso, o mais provável é que a empresa chegue a um meio-termo, no qual é razoavelmente boa em várias coisas. O problema é que quase ninguém recorda ou entende o meio-termo, o que afeta a estratégia competitiva do empreendimento.

Quando os clientes pensarem em preço baixo, não vão procurar a sua loja. Também não vão buscar se quiserem agilidade, qualidade, inovação ou durabilidade — afinal, você pode até ser razoavelmente bom, mas não é o melhor. Sua concorrência é.

Powered by Rock Convert

2. Seja o melhor no que realmente importa

Já que o meio-termo é um lugar perigoso e comumente esquecido, o ideal é buscar ser o melhor em algo específico. Ao fazer isso, poderá se destacar da concorrência e cativar um lugar na mente e no coração dos clientes. Mas afinal, ser o melhor em quê?

Para responder essa questão, é preciso questionar sobre o que mais importa para os seus clientes. Pode ser a agilidade na entrega, a qualidade dos produtos ou o preço final, entre vários outros atributos. Para ter clareza, ouça seus clientes e crie grupos focais.

É claro que ser o melhor envolve dedicação e tempo, além de publicidade para comunicar isso ao público-alvo. É preciso alinhar todos que estão dentro da empresa, desde os parceiros estratégicos até alguns fornecedores. Assim, terá mais chances de êxito.

3. Alinhe e treine sua equipe de trabalho

Para cumprir tudo o que foi dito até aqui, você precisará de um time alinhado e treinado. Não adianta dizer “sou o melhor nisso ou naquilo” se a sua própria equipe não compra essa afirmação, não está preparada ou não conta com recursos para entregar bons resultados.

Portanto, para aumentar seu diferencial competitivo, também é importante focar na equipe. Reúna-se com mais frequência para discutir a estratégia competitiva da empresa, mostre o que está sendo feito e qual visão de futuro deve ser perseguida por todos.

Além disso, invista na qualificação dos times. Crie programas de treinamento, bem como de desenvolvimento de líderes, com foco em competências específicas. Ofereça feedbacks para que os talentos reconheçam seus pontos fracos e trabalhem neles com determinação.

4. Conte com a ajuda da tecnologia

Por fim, é necessário destacar o papel da tecnologia. Modernos softwares podem fazer com que o trabalho diário seja executado com mais rapidez e qualidade, reduzindo eventuais erros e aumentando a produtividade. Isso, claro, é de grande vantagem para a empresa e seus clientes.

Com a tecnologia certa, fica mais fácil se comunicar com os talentos, realizar avaliações de desempenho, enviar feedbacks (positivos ou não) e monitorar o progresso do time. Logo, a estratégia de diferenciação da loja pode ser facilmente incorporada ao dia a dia.

Quais soluções tecnológicas podem ser usadas?

Selecionar uma tecnologia é um desafio, pois tudo depende essencialmente do que você quer melhorar. No caso de aumentar seu diferencial competitivo, é sempre importante ter um software dedicado ao monitoramento da performance e ao alinhamento da equipe.

O motivo é simples: se o time não trabalha bem e não está alinhado, a empresa nunca terá um verdadeiro diferencial competitivo. Por outro lado, ao contar com gente talentosa, toda a loja é beneficiada e, sem qualquer dúvida, pode ser a melhor em algo.

Para escolher uma tecnologia de alinhamento da equipe, pense em três coisas:

  • se suas funções atendem ao que é necessário à empresa;
  • no caso em que os atuais clientes da tecnologia estão satisfeitos e recomendam o produto;
  • se a relação entre custo-benefício é satisfatória.

Agora você está por dentro do assunto. Lembre-se de que diferencial competitivo está ligado à capacidade de se destacar da concorrência, conquistando um lugar único na mente e no coração do seu público-alvo. Para tanto, não basta ser meio-termo, razoavelmente bom. É preciso ser o melhor em algo, comunicar isso ao time e contar com boas tecnologias.

Gostou do nosso artigo, certo? Aproveite para aprender muito mais conosco. É só seguir nossas redes sociais — estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn. Vamos lá!

Deixar Um Comentário