Turbine suas vendas com essas 5 estratégias infalíveis!

2019-06-18T15:54:52-03:0012 setembro, 2018|Produtividade de Vendas|

Venda cruzada, preço-âncora, up Selling: são muitas as estratégias para turbinar suas vendas e garantir ótimos resultados. Hoje, explicamos as principais táticas para você!

Vender não é o único objetivo de um estabelecimento, mas certamente é um dos mais importantes. Uma série de outras tarefas não faz sentido sem a venda, a exemplo da pesquisa e desenvolvimento (P&D) de produtos. Portanto, gestor, turbine suas vendas!

Para vender não basta iniciar uma estratégia de liderança de baixo custo, tornando os preços mais acessíveis que na concorrência. Existem outros caminhos que podem ser mais producentes: é preciso capacitar o time de vendedores, ter bons indicadores de desempenho, reforçar os pilares da empresa e contar com táticas de precificação.

Em períodos de recessão, as saídas podem até cair, mas o esforço de turbinar suas vendas deve ser mantido. Então, separamos 5 dicas especialmente para você. Hoje, vai entender como melhorar suas vendas e garantir ótimos resultados. Continue lendo!

1. Seja bom no que realmente importa

Há uma infinidade de livros que dizem o que é preciso para ter um negócio bem-sucedido e com elevado volume de vendas. Joe Calloway, escritor do livro “Seja o melhor no que realmente importa”, acredita que a única estratégia que você precisa é reforçar os pontos mais básicos e ser o melhor do mercado no que importa ao cliente.

Bom atendimento. Pontualidade. Preço justo. Os pontos básicos do seu negócio devem ser identificados e, então, melhorados para dar início a um ótimo relacionamento com o público-alvo. Nesse sentido, você não precisa de truques e engenhocas, só precisa identificar o que é o mais importante ao cliente e afiar-se exatamente nesse sentido.

A grande questão é “O que mais importa ao meu cliente?” Para responder a pergunta é preciso ouvi-lo (por meio de pesquisas de satisfação, por exemplo). Se em algumas empresas o atendimento é o mais importante, em outras a inovação ou o preço acessível deve ser prioridade-chave. Então, ouça e aprenda com o seu público-alvo.

Aprenda a medir e melhorar
o desempenho da sua equipe!

2. Descubra novas táticas de venda

Existem táticas que podem melhorar bastante o processo de vendas e maximizar o volume das saídas do estoque. Duas das principais são as táticas cross selling e up selling, úteis para fazer com que o cliente compre mais e aumente seu tíquete médio. Elas podem ser aplicadas em qualquer empresa, independentemente do segmento.

O nome cross selling significa “venda cruzada”,ou seja relacionar dois ou mais produtos na hora da negociação. Por exemplo, se o cliente está comprando uma tábua de passar roupas, você pode aproveitar para oferecer o ferro de passar e alguns cabides. Assim, estará aproveitando uma oportunidade e até ajudando ao cliente.

O up selling, por sua vez, consiste em fazer um upgrade da venda, oferecendo bens ou serviços de maior valor agregado ao cliente (que, geralmente, também são mais caros). Se você faz um pedido de lanche no McDonald’s, por exemplo, o atendente pergunta se deseja trocar suas batatas por batatas grandes por só mais R$ 1,00.

3. Invista em práticas de fidelização

Muitos gestores buscam tanto por compradores que estão fora da empresa que até se esquecem daqueles que já fazem parte da carteira de clientes. É mais barato fidelizar os atuais clientes do que conquistar novos, eles também costumam gastar mais em novas compras e voltam com frequência, afinal, já conhecem e confiam na empresa.

Há muitas opções para fidelizar clientes. Por exemplo, a Starbucks aposta no cartão fidelidade e recompensa os clientes que mais voltam com café e outros prêmios. O mesmo é feito por uma diversidade de outras empresas, incluindo lojas de roupas, restaurantes e oficinas mecânicas. Seu negócio, com toda certeza, também pode se beneficiar dessa tática.

O próprio atendimento é uma importante tática para fidelização. Muitos clientes são tão bem atendidos que voltam a comprar no estabelecimento e ainda o indicam para seus amigos e familiares, atuando como embaixadores da marca e fazendo marketing de boca a boca. O poder da fidelização é enorme. Então, turbine suas vendas com ele!

4. Estabeleça um preço competitivo

Precificar de maneira competitiva os produtos da empresa é muito diferente de estabelecer valores abaixo do que é praticado pelo mercado. Na verdade, em alguns casos, o preço baixo demais pode até atrapalhar e transmitir a imagem de pouca qualidade ao público-alvo. Além disso, reduz as margens operacionais do negócio.

No livro “Preço: o mito do valor justo e como tirar vantagens disso”, William Poundstone cita o poder do preço psicológico. Ele destaca que o preço que termina com 9, 99, 98 ou 95 tem vantagens em relação ao que termina com 00 (um valor arredondado). Logo, são mais atraentes no momento da venda.

Outra estratégia é o preço-âncora. Ela permite a comparação de um produto com outros produtos à venda, induzindo o cliente na compra. É como colocar um produto de R$20,00 ao lado de um por R$10,00, objetivando fazê-lo parecer mais barato e, portanto, induzir o comportamento do consumidor. Assim, o preço fica competitivo.

Aprenda a medir e melhorar
o desempenho da sua equipe!

5. Conte com tecnologia que ajuda na gestão do time

Por fim, é preciso considerar o desenvolvimento da própria equipe de vendas. Todos os vendedores devem estar devidamente qualificados e motivados para entregar grandes resultados, bem como atender com excelência aos clientes e atingir as metas estabelecidas pela empresa. Para tanto, as novas tecnologias são de grande valia.

Um bom software de liderança do time contribui em quatro principais pontos, que são: monitoramento dos indicadores-chave de desempenho; liderança estratégica de pessoas; treinamento e desenvolvimento (T&D); e motivação no ambiente de trabalho. Desse modo, estimula melhores resultados e facilita a gestão do capital humano.

A verdade é que usar a tecnologia para extrair melhores resultados dos talentos, nesse caso do time de vendas, é uma forte tendência para o RH. Segundo a Deloitte, mais da metade das empresas estão reformulando seus processos de gestão de pessoas para se beneficiar da transformação digital. Então, faça o mesmo em sua equipe de vendas.

Enfim, agora você está por dentro do tema, com nossas 5 dicas infalíveis você poderá potencializar suas vendas e garantir ótimos resultados financeiros à empresa. Então, seja o melhor no que realmente importa, invista em novas táticas de vendas, preze pela fidelização dos atuais clientes, estabeleça bons preços e conte com a tecnologia.

Gostou do nosso artigo, certo? Então, agora, turbine suas vendas! Aproveite também para assinar nossa newsletter e receber novos conteúdos diretamente em seu e-mail. Vamos lá!

1
Olá, podemos ajudar?
Powered by