Pop-In Store: O que são e como funcionam?

2019-06-14T14:51:54-03:0013 novembro, 2018|Sales Performance Management|

Para se abrir uma loja física, há diversos aspectos que devem ser planejados, é um processo que demanda muito tempo, esforço e principalmente dinheiro. Somando estes pontos à expansão em massa da internet no mundo, as lojas online se tornaram a alternativa principal para quem pretende abrir um negócio no varejo. No entanto, o conceito de Pop-In Store surgiu como solução para quem pretende ter um espaço físico sem passar por este processo burocrático e custoso.

As Pop-In Stores, basicamente são lojas que se situam dentro de outras lojas por períodos de tempo pré-estabelecidos. Normalmente, são marcas que já possuem uma loja online, ou outros pontos físicos maiores e mais estruturados.

O conceito já é bastante popular nos Estados Unidos e na Europa, e atualmente vêm ganhando forças no Brasil, por ser uma alternativa viável para varejistas que desejam ter um ponto físico, mas que ainda não possuem condições de abrir um PDV fixo.

Lojas Pop-up

A ideia de loja Pop-In, é derivada de outro conceito bastante parecido, o Pop-up Store. As lojas Pop-up são espaços temporários, que geralmente apresentam temas específicos que exploram o contexto, seja determinada época do ano, ou algum evento que acontece na região.

A principal diferença entre os dois termos está no fato de as lojas Pop-up se estabelecerem em um espaço próprio, enquanto as Pop-in se localizam dentro de outras lojas já existentes.

Muitas marcas utilizam as lojas Pop para lançar produtos conceituais e limitados, ou que causam mais impactos em certas regiões. Por se tratar de lojas temporárias, a necessidade do cliente em adquirir o produto fica mais evidente, pois não há certeza que de a loja retornará.

Vantagens de se abrir uma loja Pop-in

Há muitos benefícios em se abrir uma loja Pop-in, por isso, listamos alguns deles para destacar o que ela pode agregar ao seu negócio. Confira:

Aquisição de novos clientes

Um dos grandes benefícios de se abrir uma Pop-In Store está no compartilhamento de clientes com a loja em que ela está situada. Ao dividir o mesmo espaço, tanto a loja principal quanto a Pop-in estarão ampliando os seus possíveis clientes, pois eles podem se interessar por itens de ambas as marcas.

Pensando neste aspecto, é importante se atentar a alguns tópicos antes de abrir uma Pop-in Store. Busque sempre nichos que complementem os produtos que a sua marca oferece, por exemplo, uma loja de suplementos alimentares dentro de outra que vende roupas fitness e artigos de academia.

Vale destacar a importância de se fazer analises antes, durante e após o período de funcionamento da Pop-in Store. A região pretendida, as vendas alcançadas, a experiência do cliente com o novo formato, tudo isso deve ser avaliado para medir o grau de efetividade e aceitação do público com este conceito.

Conheça a metodologia para melhorar
os processos no seu varejo

Fortalecimento da marca

Como já mencionado anteriormente, a Pop-in Store é uma alternativa interessante para quem possui uma loja virtual e deseja expandir o seu negócio para ambientes físicos. Os espaços físicos, possuem características que fortalecem a marca e contribuem para a consolidação na mente dos consumidores.

O tempo limitado que a Pop-in Store permanece dentro de outra loja permite que o espaço que ela se situe seja temático, conceitual ou focado em uma temática específica, isto desperta a curiosidade dos compradores, motivando-os a conhecer mais sobre seus produtos, tornando-os, assim, possíveis clientes.

Procure sempre atrair o público offline para a sua loja virtual. Para isso, vale a pena investir em materiais interativos que convidem as pessoas para curtir as redes sociais da marca, e consequentemente a visitar a loja online. O marketing nas redes sociais é essencial neste sentido.

Baixo custo

O investimento para se abrir uma loja física pode ser algo inviável para alguns varejistas que possuem apenas lojas online. Ao alugar apenas uma parte de uma loja já existente, o valor necessário para se ter um ponto físico reduz consideravelmente, tornando assim uma alternativa acessível.

A praticidade e a ausência de burocracias que impedem ou atrasam os negócios também são notáveis na abertura de uma Pop-in Store. Ao se interessar por determinado espaço, é possível conversar diretamente com o proprietário para definir qual a melhor maneira de se instalar ali, e até mesmo como será o aluguel, pode ser uma mensalidade ou então uma porcentagem das vendas, tudo pode ser combinado.

Além do dinheiro economizado na abertura de uma Pop-in Store, também vale destacar que elas exigem muito menos tempo para serem montadas, o que auxilia no planejamento, pois assim sobra mais tempo para pensar em outras ações importantes.

Conheça a metodologia para melhorar
os processos no seu varejo

“Test-drive”

As lojas Pop-in também podem servir como um teste para saber como o público reage a um novo produto, ou até mesmo para saber como será o desempenho se a sua loja online se expandir para o varejo físico. Com o custo reduzido e o tempo limitado, não há o risco de investir um valor alto em um lugar fixo e não obter lucro.

Pode-se usar como um parâmetro para saber qual a experiência do cliente com seu produto e como é a abordagem com a sua marca, e assim, ao final do processo avaliar os resultados para saber se é conveniente abrir um espaço físico em definitivo ou se este processo trouxe apenas prejuízos.

E aí, gostou de aprender sobre as Pop-in Stores? Saiba que tem muito mais conteúdo em nosso blog. Não deixe de seguir a SER nas redes sociais e ficar por dentro das principais tendências no universo do varejo.