Conheça a história e evolução do varejo no Brasil

2019-07-03T11:17:20-03:0014 junho, 2018|Sales Performance Management|

A história do varejo no Brasil começou no período colonial, quando surgiram os primeiros armazéns. A cultura de varejo se perdurou na sociedade nas épocas das plantações de café, algodão, cana de açúcar e muito mais, em que os consumidores adquiriam os produtos em pequenas quantidades.

Com o passar do tempo, o varejo passou por uma grande evolução influenciada pela globalização e pelo impacto das tecnologias e da internet. Inicialmente, em 1950, a venda em balcão deixou de existir, dando espaço para a liberdade do consumidor em escolher sozinho suas próprias mercadorias. Mais adiante, a tecnologia e a internet transformaram a relação entre vendedor e consumidor, permitindo com que as vendas acontecessem virtualmente, por meio de sites e redes sociais.

Descubra quais as melhores técnicas para
treinar seus colaboradores!

Com toda essa evolução, o varejo tem se tornado um mercado cada vez mais dinâmico e competitivo, buscando sempre estratégias e investimentos para alcançar novos clientes, fidelizar clientes antigos, aumentar vendas e, consequentemente, o faturamento do estabelecimento.

Selecionamos algumas datas que marcaram a transformação do varejo no Brasil para exemplificar a evolução por qual o mercado passou.

1500 – 1530 – Colonização portuguesa: portugueses fizeram índios de escravos para extrair as riquezas naturais do Brasil e as vendiam como matéria-prima e como diversos produtos.

1649 – Ano de fundação das Companhia Geral do Comércio do Brasil. Até então, existiam apenas empórios que vendiam itens importados.

1808 – Ano de chegada da família real ao Rio de Janeiro. Com isso, surgiram as primeiras lojas de luxo na cidade.

1884 – 1959 – Chegada de, aproximadamente, 5 milhões imigrantes que auxiliaram no surgimento de vendedores ambulantes, feiras livres e armazéns.

1900 – 1930 – Começo do processo de industrialização no Brasil.

1908 – Ano de inauguração do primeiro magazine brasileiro: as lojas Pernambucanas

1953 – Ano de surgimento dos primeiros supermercados brasileiros no modelo de autosserviço; algo parecido com o modelo americano de supermercados, que já existiam desde 1920. O primeiro supermercado brasileiro foi inaugurado em São Paulo e levava o nome “Tecelagem Paraíba”.

1966 – Ano de inauguração do primeiro shopping center do Brasil: o shopping Iguatemi, em São Paulo.

1922 – Primeira loja virtual do Brasil é lançada pelo Magazine Luiza.

1995 – A conexão com a internet para fins comerciais no Brasil é liberada pelo Ministério das Comunicações. A partir daí, inicia-se o e-commerce no Brasil.

2000 – Surgimento da Banda Larga no Brasil. Esse foi um marco para o fortalecimento do e-commerce brasileiro.

2013 – Plataformas online e offline passaram a funcionar de maneira complementar: o conhecido varejo omni channel.

Descubra quais as melhores técnicas para
treinar seus colaboradores!

Hoje, os consumidores procuram verdadeiras experiências e preferem pagar mais para serem bem atendidos. Por isso, as lojas que querem atingir mais clientes e vender mais tentam, com auxílio das novas tecnologias, satisfazer os clientes da melhor maneira possível.

As tecnologias ajudaram com que a relação entre vendedor e consumidor se estreitasse, já que o cliente passou a poder manter um maior contato com o estabelecimento, enviando mensagens e sendo respondido com uma certa rapidez e facilidade. Isso é cômodo tanto para o vendedor quanto para o cliente, que podem perguntar e responder quando quiserem e de onde estiverem.

Além de beneficiar essa relação, a evolução da tecnologia e da internet permitiu com que uma mensagem atingisse mais pessoas com uma enorme rapidez. Hoje, uma promoção, por exemplo, pode chegar as telas de inúmeras pessoas em questão de minutos, e caso essas pessoas compartilharem a informação, inúmeras outras a receberão e assim por diante.

Coletar, analisar e organizar dados de forma simples também foi um dos privilégios que a tecnologia proporcionou ao varejo. As planilhas foram deixadas de lado e substituídas por programas que fazem esses processos instantaneamente. O Casting, da SER, é uma solução que faz esse tipo de procedimento. Com ele, é possível acompanhar o progresso de metas da loja e de cada vendedor, saber quais produtos foram vendidos, ticket médio, e mais; tudo isso por meio de gráficos com dados selecionados e organizados em poucos minutos, a qualquer momento e lugar.

O Casting é um ótimo exemplo de tecnologia que auxilia o varejo, já que ele possibilita, também, a realização de treinamentos curtos e focados via smartphone. Isso minimiza esses tipos de encontros presenciais, que gastam cerca de 20% de tempo que pode ser usado em proveito de outras atividades e diminuem o faturamento.

Percebeu como as tecnologias beneficiaram a evolução da história do varejo no Brasil? Utilize-as também em seu negócio e perceba o progresso!

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas possam ver! Assine também nossa newsletter.

1
Olá, podemos ajudar?
Powered by