5 dicas para montar a equipe de vendas ideal

Conheça as 5 dicas para montar a equipe de vendas ideal e aumentar o sucesso do seu negócio

Uma equipe de vendedores bem montada é essencial para o sucesso de um negócio de varejo. São esses profissionais os responsáveis pelo contato direto com o consumidor. Por materializar para os clientes a promessa de valor da marca e realizar uma boa venda, condição básica para manutenção e crescimento do negócio. Para exercer uma função tão importante, é necessário que os profissionais estejam capacitados e que o líder saiba extrair de cada um sua melhor performance tendo consciência de que uma boa equipe de vendas também trabalha bem em equipe. Portanto, conheça a seguir as 5 dicas para montar a equipe de vendas ideal.

Para Sergio Falsarella, diretor geral da SER, empresa criadora da Solução Casting, de inteligência de negócios focada em aumentar a produtividade das equipes no varejo, alguns passos são primordiais para manter uma equipe de qualidade que possa resultar na máxima produtividade das vendas e proporcionar, consequentemente, crescimento para o negócio.

“A seleção bem feita é o fator que reduzirá o turnover das empresas e minimizará os efeitos nocivos que isso causa do negócio. O papel do gestor é tornar o processo mais profissional e compreender que a troca constante de profissionais e eventuais desfalques na equipe de vendedores influenciam negativamente as receitas”, afirma Falsarella.

CTA ebook capital humano

Ele elenca cinco passos fundamentais para montar uma equipe de vendas ideal:

1. Selecione bem e continuamente

Primeiramente, se deve fazer a avaliação do candidato detalhadamente. Aspectos como formação escolar, histórico profissional, empenho para com a nova função e vontade de buscar resultados diferenciados são alguns pontos que devem ser avaliados pelo gestor.

Para o varejo é importante identificar, já de inicio, se o candidato está de acordo com a escala de trabalho. Em lojas de shopping, por exemplo, os melhores dias para vendas são os finais de semana, feriados e datas comemorativas e o novo funcionário terá de trabalhar em muitos desses dias. Além disso, entenda também a dinâmica familiar do candidato. A importância do salário da pessoa em avaliação no orçamento da família, bem como a existência de dependentes do candidato, também podem indicar maior ou menor retenção e precisa avaliar.

Manter um processo contínuo de busca e seleção de profissionais para a linha de frente, mesmo quando não existem vagas abertas, é uma dica importante para que o lojista reduza o tempo entre a perda de um funcionário e a contratação de outro. Esse tempo ganho tem impacto direto nas vendas.

2. Invista em capacitação profissional

A capacitação profissional é essencial para qualquer negócio, tanto para quem lidera, quanto para quem executa as ações. Precisa conhecer o produto comercializado com profundidade e, para isso, todos precisam estar devidamente capacitados para atender o consumidor e transmitir o valor da marca para os clientes. Aspectos como técnicas de atendimento, comunicação e persuasão não devem ficar de fora da grade de treinamentos, que devem aplicar continuamente.

3. Engaje, mobilize e inove por meio da liderança

Para alcançar o potencial máximo da equipe é preciso inspirar os colaboradores. O líder, ele, o dono do negócio ou o gerente responsável, é o grande responsável por isso. Dessa forma, incentivar a equipe com o seu exemplo pró-ativo, promover sentimentos positivos, estar aberto a novas formas de pensar e agir, ajudá-los na busca dos melhores resultados e mobilizar os recursos para alcançar os objetivos traçados são algumas ações para os líderes desenvolverem.

4. Monitore os resultados e promova ações de melhoria continuamente

O desempenho é a chave mestra das melhorias na empresa. Monitorar constantemente dados de vendas por categoria de produto, loja e por colaborador, é essencial para que o gestor possa conhecer a saúde do negócio e planejar o crescimento no curto e longo prazos. O desempenho individual e em equipe são pontos importantes a serem observados. É por meio dos desempenhos individuais e equipes que conhecemos as melhores práticas, aprimoradas e disseminadas.

5. Crie um ambiente de crescimento profissional

Um ambiente profissional de desenvolvimento requer abertura e contribuição de todos, principalmente do líder. Para que o trabalho aconteça de forma adequada, o clima interno deve se voltar ao aperfeiçoamento dos resultados. Com um ambiente assim criado, as melhorias contínuas de produtividade ocorrerão mais naturalmente.

Deixar um comentário

Ir ao Topo